FacebooktweeteryoutubehistorypinSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:


DESTAQUES

PTM IBÉRICA

Sobrevoando o Porto de Aveiro #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Jardim Oudinot | Fotos Aéreas| 2014 | VÍDEOFOTO

Exercício/Simulacro “Porto Seguro 2013” (Vídeo-foto 1)

Porto de Aveiro em movimento #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Sobrevoando o Porto de Aveiro #2 | 2014 | VÍDEOFOTO

Bicentenário da abertura da Barra de Aveiro

Praia da Barra – Fotos de outros tempos

Excursão dos Empregados Superiores do «Diário de Notícias» a Viseu e Aveiro - 1930


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo


Publicidade

FOTOS

 A Sombra da Luz

A Sombra da Luz
SLIDESHOW



Universidade de Aveiro lança Plataforma Tecnológica do Mar

A ligação às empresas “faz parte do código genético” da Universidade de Aveiro (UA) e a criação da Plataforma Tecnológica do Mar (PTM), agora lançada, é um novo contributo para esse desígnio, considera o vice-reitor Carlos Pascoal Neto.

“Numa altura de crise e em que é necessário aumentar a competitividade, é importante reforçar essa relação” entre os mundos académico e empresarial, assumiu em declarações ao Diário de Aveiro.

A UA está apostada em constituir plataformas tecnológicas para sectores-chave da economia. Depois da área agro-alimentar, em 2012, segue-se o mar. Porquê o mar?, pergunta o Diário de Aveiro. “Porque é um sector estratégico no nosso país”, responde Luís Menezes, coordenador da PTM.

Atendendo ao seu “elevado potencial”, Portugal “tem de ter um papel de vanguarda” nesta área, exorta o professor do Departamento de Geociências. Há “muitos anos” que a UA olha com interesse para o mar, desenvolvendo uma “investigação de excelência”, pelo que a nova Plataforma não representa um “arranque do zero” mas uma “inovadora” estratégia de trabalhar em conjunto com um número diversificado de parceiros à luz de uma nova “cultura de cooperação empresarial”. A PTM visa “juntar empresários, docentes e investigadores com vista à constituição de uma rede de competências no sector do mar”, explica.

“Todos os governos têm chamado a atenção para a importância deste sector. Agora terá de haver uma definição clara de políticas e passar à prática. Há muito a fazer”, adverte. A resolução de problemas relacionados com os riscos naturais ou a erosão costeira é um dos desafios que os agentes que operam nesta área devem olhar de frente, assinalou.

NOTÍCIA DO "DIÁRIO DE AVEIRO" PARA LER AQUI


 



Data: 2013-02-24

feed
mapa