FacebooktweeteryoutubehistorypinSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:


DESTAQUES

PTM IBÉRICA

Sobrevoando o Porto de Aveiro #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Jardim Oudinot | Fotos Aéreas| 2014 | VÍDEOFOTO

Exercício/Simulacro “Porto Seguro 2013” (Vídeo-foto 1)

Porto de Aveiro em movimento #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Sobrevoando o Porto de Aveiro #2 | 2014 | VÍDEOFOTO

Bicentenário da abertura da Barra de Aveiro

Praia da Barra – Fotos de outros tempos

Excursão dos Empregados Superiores do «Diário de Notícias» a Viseu e Aveiro - 1930


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo


Publicidade

FOTOS

 Príncipe das Marés

Príncipe das Marés
SLIDESHOW



PARA MELHORAR COMPETITIVIDADE
Ministro da Economia quer ligação entre Porto de Aveiro e Espanha

O Ministro da Economia reafirmou na Universidade de Aveiro o empenho do Governo em apostar numa linha de mercadorias entre o Porto de Aveiro e Espanha. Álvaro Santos Pereira explicou a importância do projecto ao tomar parte no encerramento da conferência "Aprender a crescer com a crise", realizada na terça-feira.
A ligação ferroviária é um dos caminhos apontados pelo governante para o País reforçar a sua capacidade exportadora.

“A intenção do governo é exactamente criar uma linha de mercadorias desde o Porto de Aveiro que ligue depois Salamanca a Irúm, a outra que já está considerada neste quadro comunitário de apoio que vai de Sines, Lisboa, para cima também até Irúm. Porque é que isto é importante? Ás vezes as pessoas não percebem bem qual é a importância de apostar numa linha de mercadorias. É muito simples. No séc. XIX Portugal e Espanha decidiram ir por um caminho diferente da Europa. Foi o tamanho das linhas de comboios, que se chama bitola, é de um tamanho diferente do resto da Europa.

O que se passa é que os comboios quando vão de Portugal e Espanha para o resto da Europa chegam à fronteira de Espanha e França têm de parar para mudar de bitola. Ora, tem de haver um transvaso destas mercadorias, é tempo e dinheiro que se perde, tornando as nossas mercadorias mais caras, e é por isso mesmo que temos insistido muito para a necessidade de termos linhas de bitola europeia que permitam as nossas empresas de saírem do Porto de Aveiro, ou de Sines, ou de outras partes do país, e serem ligadas à Europa para serem mais competitivas”, explicou o governante.

fonte
LEIA TAMBÉM: A ligação Aveiro – além Salamanca




Data: 2012-08-20



Política de Privacidade e Confidencialidade
feed
mapa
Publicidade